Selo ABIS

O selo de qualidade

O Selo ABIS de Qualidade foi criado pela Associação Brasileira das Indústrias de Sorvetes – ABIS - para certificar empresas cujo processo de fabricação segue os requisitos de segurança de alimentos. O programa tem como objetivo disseminar e apoiar a implantação do Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) e de seus pré-requisitos (BPF e POPs), nas empresas de alimentos e alimentação.
Clique e veja as instruções.

Proporciona a melhoria da segurança e qualidade de alimentos industrializados, que devem ser estendidas para o consumidor final através da conscientização sobre cuidados tanto na compra e no transporte para casa, quanto na conservação e cuidados durante a preparação (higiene e procedimentos) dos sorvetes.

“Esta é uma segurança para o consumidor de que a produção de alimentos é totalmente livre de contaminação e segura para a saúde das pessoas. Estamos trabalhando para que as demais empresas do setor também adquiram esta garantia, adequando seus padrões de segurança de alimentos e também de identidade e qualidade. É importante ressaltar a importância do mercado de sorvete estar por dentro do que é estabelecido nas normas mundiais de alimentação segura e com qualidade."

Segundo um estudo recente da ABIS, o sorvete é considerado um alimento completo, contendo proteínas, açúcares, gordura vegetal e/ou animal, vitaminas, cálcio, fósforo e outros minerais essenciais numa nutrição balanceada. Desta forma, os fabricantes de sorvete devem se ajustar às mesmas exigências das demais empresas de alimentos”, completa Eduardo Weisberg, presidente da ABIS.

Indústrias de Sorvetes comemoram as vantagens do SELO ABIS de Qualidade

As empresas que aderiram ao Selo ABIS de Qualidade comemoram a visibilidade de suas marcas no mercado e até mesmo as melhorias no processo de industrialização dos seus produtos. Ao todo são cinco empresas já certificadas: Paviloche, Trivialy, Sorvebom, Kimyto e Sorvetes Suplés (Sorvetes Kascão).

Com três anos de Selo, a Paviloche se sente mais segura com relação ao processo produtivo. Segundo o diretor Douglas Pavinato, os funcionários têm mais facilidade para seguir os procedimentos necessários e mais confiança de que estão oferecendo um produto seguro ao consumidor, que sempre prefere produtos com identificação de qualidade.

A Trivialy aderiu ao Selo para completar a necessidade de estabelecer uma identidade. “A ABIS tem pessoas especializadas, conhece profundamente o ramo de sorvetes e luta pela qualidade do produto. Com o Selo temos tido uma economia considerável por criar hábitos de controle, desde a matéria-prima até o produto acabado, sem contar que o cliente passou a ver o produto com mais confiança e isso permite uma maior divulgação”, explica o diretor comercial, Celeste Manoel Battisti.

Para ele, a classe sorveteira deve profissionalizar o produto sorvete que continua sendo tratado como uma guloseima e tem sua qualidade até prejudicada por pessoas que não são profissionais e atuam na área. “A venda em nosso País é baixa, pois o consumidor não tem consciência das qualidades do produto, do seu valor nutricional e dos benefícios que oferece a crianças, idosos e pessoas com atividade física intensa”, finaliza o diretor.

Desde 2004, a Sorvebom tem em seus produtos o Selo e afirma que foi uma boa maneira de ter ações preventivas quanto a possíveis contaminações. “Também reduzimos os custos na produção de nossos sorvetes, melhoramos continuamente os processos de fabricação e aumentamos o acesso a outros mercados, inclusive o internacional”, diz a Coordenadora Técnica em Alimentos, Juliani Stacke.

Já a Kimyto concorda que a Certificação pela NBR 14.900 e o Selo de Qualidade Abis são a garantia que a indústria de sorvete está em conformidade com os padrões Internacionais, no que diz respeito às operações de elaboração e preparação dos alimentos seguros para a saúde do consumidor. “Ampliamos mercado e criamos novas estratégias de marketing proporcionando maior aceitação e receptividade do produto”, explica o sócio e gerente Martin Brandt.
A Sorvetes Suplés aderiu ao Selo porque o conceito esta de acordo com os objetivos da empresa: oferecer um produto diferenciado no mercado, totalmente saudável. “O consumidor que sabe diferenciar um produto qualificado, torna-se fiel e acaba até fazendo divulgação, o que torna a aceitação cada vez maior. O importante é a conscientização do projeto como um todo, partindo da diretoria e estendendo-se aos funcionários. Após aderirmos ao Selo aumentamos as vendas, conquistamos novos clientes e recebemos solicitações de fornecedores, inclusive para novas praças de distribuição”, afirma o proprietário Alcides Antoneli. Clique e veja as instruções.