Parcerias

O Polo de Excelência de Leite e Derivados, comumente chamado de Polo do Leite, ou Polo de Excelência do Leite, foi lançado em 16 de julho de 2007, pelo então vice-governador Antonio Anastásia, na abertura do XXIV Congresso Nacional de Laticínios, no EXPOMINAS de Juiz de Fora.

É um programa estruturador do Governo do Estado de Minas Gerais inserido no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado 2007-2013, na Área de Resultados "Inovação, Tecnologia e Qualidade", sob responsabilidade da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES).
A proposta dos Polos de Excelência desenvolvida pela SECTES é consolidar a liderança de Minas Gerais no desenvolvimento sustentável de setores estratégicos, nos quais Minas possui tradição, massa crítica e/ou vantagens competitivas.

O objetivo é integrar as competências institucionais para induzir o processo de desenvolvimento sustentável de cada setor visando:
• Reunir massa crítica de pesquisadores, universidades, centros de pesquisa, e entidades empresariais focados no desenvolvimento da cadeia produtiva de cada um dos setores;
• Promover condições para criação e atração de novos negócios para os diferentes elos da cadeia produtiva de forma a propiciar seu adensamento;
• Promover a criação da Rede de Inovação Tecnológica, ampliando a colaboração e incorporando novos nichos de mercado;
• Fortalecer a estrutura de capacitação e formação de recursos humanos demandados pelos diferentes elos da cadeia;
• Desenvolver núcleo de inteligência competitiva setorial;
• Desenvolver infra-estrutura metrológica e de certificação para assegurar a qualidade, competitividade e a inserção dos produtos e serviços do pólo, nos mercados interno e externo.

No caso específico do Polo do Leite, sua missão é articular competências para promover inovações no Sistema Agroindustrial do Leite (SAL), seu negócio é a gestão do conhecimento aplicado para o SAL e sua visão é tornar-se referência nacional e internacional na formulação de soluções para o SAL. No plano de negócios do Polo, definiu-se três focos principais: (i) qualidade e segurança dos produtos lácteos; (ii) exportação de produtos lácteos e (iii) consolidação do Polo; os quais tem sido fortemente trabalhados.

Para atender os focos, as ações foram baseadas em dois pilares "Qualidade e segurança dos produtos lácteos" e "Exportação de produtos lácteos". Atendendo os dois pilares, algumas ações foram necessárias para a concretização dos seguintes produtos:
• criação do Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia do Leite e Derivados,
• adesão à FIL/IDF,
• criação do programa de certificação CERTILEITE,
• Exportalácteos,
• software de tributação.....

Voltar