Notícias

Ano 2017 - Ano 2016 - Ano 2015 - Ano 2014 - Ano 2013 - Ano 2012 - Ano 2011 - Ano 2010 - Ano 2009 - Ano 2008 - Ano 2007 - Ano 2006

Ano 2011

9/5/2011
EUA: cientistas desenvolvem sorvete multifuncional

Um cientista dos Estados Unidos disse que está nos estágios finais de criar o primeiro sorvete multifuncional já desenvolvido. Em uma tentativa de criar um sorvete mais saudável, o químico de alimentos, Ingolf Gruen, de Missouri, está adicionando fibras, bactérias probióticas e antioxidantes ao alimento.

"Eu posso estar errado, mas os atuais 'sorvetes funcionais' ou são ricos em probióticos, ou em fibras ou em antioxidantes, mas nenhum deles tem os três", disse Gruen.

A fibra é adicionada ao sorvete através de maltodextrina modificada chamada Fiber-Sol2, fabricada pela Archer Daniels Midland (ADM). Entretanto, Gruen disse que a adição de fibras gera desafios relacionados à textura do sorvete, que foram resolvidos ao se descobrir a fibra correta e ao se testar qual nível era aceitável.

Para adicionar antioxidantes aos alimentos, os cientistas estão usando purê de açaí. No entanto, Gruen disse que a quantidade de antioxidantes ainda precisa ser determinada. A equipe de pesquisadores também está adicionando uma cepa probiótica chamada Lactobacillus rhamnosis a suas amostras de laboratório, junto com uma substância prebiótica chamada inulina, que tem o objetivo de estimular o crescimento de microrganismos benéficos no intestino.

O pesquisador disse que existem duas razões pelas quais o sorvete é particularmente um bom "carregador" de alimentos funcionais. Primeiramente, o grau de ligação do sorvete com a maioria da população e, segundo, porque é um produto congelado, de forma que a estabilidade de qualquer ingrediente que for colocado no produto não é um problema.

Gruen disse que o setor de alimentos funcionais é o único setor alimentício, além do orgânico, que está crescendo no momento. Embora ele concorde que o sorvete é rico em gordura - particularmente saturada (para sorvetes fabricados com gordura animal, ou seja, creme de leite), ele disse que o alimento também tem benefícios para a saúde. "As proteínas lácteas são boas proteínas". O sorvete também tem um baixo índice glicêmico - medida do quão rapidamente o açúcar do sangue aumenta quando se consome um produto. Além disso, tem altos níveis de cálcio, fósforo, potássio, ácido pantotênico e vitaminas B2 e B12, disse Gruen.

Ele disse que algumas companhias locais de lácteos já o contataram com interesse no sorvete.

Fonte: As informações são do Dairy Reporter, traduzidas e adaptadas pela Equipe MilkPoint.

14/04/2011
Proteste reprova sete marcas de frozen yogurt

Segundo teste da associação, produtos não podem ser considerados iogurte.

De acordo com o teste, produtos da Yogolove, Yoggi, Yogoberry,Yoforia,Tutti Frutti Frozen Yogurt e Bendita Fruta não podem ser vendidos como iogurte

Rio de Janeiro - Em um teste realizado pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), das oito marcas de frozen yogurt pesquisadas em São Paulo, apenas uma, a Yogen Früz, pode ser classificada como iogurte.

Os produtos da Yogolove, Yoggi, Yogoberry,Yoforia,Tutti Frutti Frozen Yogurt e Bendita Fruta não continham a quantidade necessária de bactérias por grama para fazerem parte da categoria e deveriam apenas ser considerados sorvetes à base de iogurte. Já a Yogofresh, que segundo o teste não apresentou o laticínio em sua constituição, deve ser classificada como sorvete.

Como o Brasil não possui ainda uma legislação específica para os frozen yogurts, o critério utilizado no teste foi a regulamentação de laticínios do Ministério da Agricultura.

A investigação começou com a denúncia de um consumidor no fim de 2010, que deu origem a um inquérito civil, ratificado pela análise da Proteste, que confirmou o posicionamento abusivo das empresas.

As marcas foram convocadas a assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) e se comprometerem a fornecer informações nutricionais sobre a constituição dos produtos. As empresas que não cumprirem as medidas estão sujeitas à ação civil pública e multas.


28/03/2011

Duas Rodas traz novas linhas de produtos para a TecnoSorvetes 2011.

Líder nacional na produção de matérias-primas para a fabricação de sorvetes, a Duas Rodas Industrial possui uma gama de produtos completa para indústria de sorvetes, como bases para sorvetes, coberturas, estabilizantes e emulsificantes, além de produtos para panificação e confeitaria. Para 2011, a Duas Rodas está investindo cerca de 40 milhões de reais em aquisições, construções e investimentos em novas unidades industriais. O custo faz parte do novo plano da empresa, que prevê o faturamento de R$ 1 bilhão até 2015.

O mercado latino-americano é uma das apostas da companhia para garantir a expansão dos próximos anos, pois demonstra um crescente aumento no consumo. A Duas Rodas está investindo agressivamente para dar cobertura a este mercado, tanto em capacidade produtiva, como em serviços, incorporando, inclusive, novos produtos ao seu portfólio. Nesta linha, participa em junho da TecnoSorvetes 2011 – Feira Internaciona l de Tecnologia para a Indústria de Sorveteria Profissional –. A feira acontece de 06 a 09 de junho de 2011 no Expo Center Norte, São Paulo, e reunirá as melhores marcas do setor de sorveterias do País e América Latina. Durante o evento, a Duas Rodas apresentará novidades em produtos e soluções para indústria de sorvetes, panificação, confeitaria e culinária, buscando, na inserção destes novos produtos, alternativas e opções para atender a cada cliente com qualidade e competência.

Para visitar a TecnoSorvetes e conhecer as novidades da Duas Rodas e demais empresas do mercado, basta acessar o site www.btsmedia.biz/credenciamento e preencher o cadastro. Interessados que o realizarem até o dia 29 de abril, receberão sua credencial no endereço informado.

24/03/2011
Equipe comercial da TecnoSorvetes visita a Sigep, na Itália.

Quando se fala em mercado sorveteiro, é impossível não pensar na Itália, país famoso por seus deliciosos gelatos. Mas isso não é à toa. A Itália é o maior fornecedor mundial de equipamentos e ingredientes para o setor, e representa um consumo anual de cerca de 360 mil toneladas. Para acompanhar esse grande mercado, a equipe comercial da TecnoSorvetes foi visitar o Sigep – Salão Internacional da Sorveteria, Pastelaria e Panificação Artesanais –, que aconteceu em janeiro, em Rimini, na Itália.

A feira, considerada uma das maiores do mundo para o setor de sorveteria artesanal, apresentou os lançamentos mundiais em produtos e serviços em todos os segmentos sorveteiros. “Nosso objetivo foi divulgar a TecnoSorvetes para o mercado europeu, que tem grande potencial. Buscamos trazer o que há de melhor para a nossa feira, a fim de que os visitantes encontrem no Brasil todas as tendências nacionais e internacionais para o mercado ”, ressalta Clélia Iwaki, da equipe comercial da feira.

A visibilidade da TecnoSorvetes em outros países já se reflete na chegada de expositores internacionais. Já são presenças confirmadas na feira as empresas italianas Mec3 e PreGel, da área de ingredientes, e a Carpigiani, que fornece equipamentos para o setor.

A TecnoSorvetes acontece de 06 a 09 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo. A feira será realizada simultaneamente à Fispal Food Service, maior feira de alimentação fora do lar da América Latina. Para visitar as feiras, credencie-se pelo site www.tecnosorvetes.com.br.

13/03/2011
Empresário aposta na fabricação de sorvetes exóticos em São Paulo

Empresa em SP aposta em sabores de frutas típicas do norte e nordeste. 90% do mercado de sorvetes no Brasil é de micro e pequenas empresas. Leia mais

1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6